mistério da educação
10-nov.2020

Respeita a bolha

Turmas como “bolhas”, higiene e circuitos

Tiago Brandão Rodrigues também frisou que as escolas terão “maior higienização pessoal e infra-estrutural, bem como circuitos de circulação” e disse que “as turmas vão funcionar como bolhas”.

respeita a-bolha-1

“Os alunos vão estar única e simplesmente com os seus colegas”, explicou, acrescentando que as cantinas e bibliotecas terão regras muito especificas” e que têm sido feitos “protocolos e planos de contingência para dar respostas imediatas e concretas”.

Fonte: publico, 24-julho 2020

menino bolha

Bolhas de Sabão

"Mas não é isso que se passa e a “teoria das bolhas” tem muitas falhas, assentando em falácias e num enorme distanciamento da realidade física da maioria das nossas escolas.

Antes de mais, cada pseudo-bolha no espaço escolar é formada a partir de elementos que chegam à escola provenientes de bolhas familiares bem distintas e que para elas voltam ao final do dia. Pelo que a “bolha” de 3ª feira não é a bolha de 2ª feira. E assim sucessivamente. Todos os dias se renovam as bolhas e se reinicia um processo que, mesmo que apenas idealmente, dura apenas as horas de permanência na escola. O mesmo se dirá para o pessoal docente e não docente."

Fonte: educare.pt, sem data, autor: Paulo Guinote

All works copyrights.
Please do not reproduce without the expressed written consent.
© 2020 - Mistérios da Nação
made for you with