misétrio da saúde
30 jan 2021

Prioridades na toma das vacinas

O responsável pela delegação do Norte do INEM, António Barbosa, colocou o lugar à disposição depois de ter sido noticiado que o instituto tinha vacinado contra a covid-19 profissionais de uma pastelaria, no Porto, que fica junto às instalações da instituição. Isso mesmo foi confirmado pelo médico este sábado numa conferência de imprensa onde respondeu a todas as dúvidas dos jornalistas. António Barbosa explicou que, no dia 8 de Janeiro, uma sexta-feira, e o último dia de administração da primeira dose da vacina foi informado que havia 11 vacinas, já preparadas em seringas, que não tinham destinatário, já que todos os profissionais identificados como prioritário pela delegação do Norte já tinham sido vacinados.
Para não desperdiçar as doses, que, segundo o médico, teriam que ser administradas o mais rapidamente possível para não perderem propriedades, este decidiu, com a concordância da equipa que estava a administrar as vacinas, mandar questionar os profissionais de uma pastelaria ao lado, sobre se estariam disponíveis e interessados em receber a injecção.

fonte: público, 30 de jan 2021

prioridades brioche-item

mistério da autarquia 

Vareadora Socialista da câmara de Seixal

A vereadora socialista da Câmara do Seixal, Elisabete Adrião, tomou a primeira dose da vacina contra a Covid-19 um dia após torna-se responsável pelo Núcleo Local de Inserção de Sesimbra. Acabou por apagar o post nas redes sociais onde anunciava o momento. PS não retira, para já, confiança.

fonte: revista visão 30 jan 2021

Mistério da justiça

Procuradoria-geral

Vacinar pessoas sem prioridade é crime? Procuradora-geral da República mantém silêncio

fonte:: Público 30 de jan 2021 - LINK

prioridades vacina-item
Mistério da proteção cívil

Demissão!

A Associação Nacional de Bombeiros e Agentes de Proteção Civil (ANBAPC) defendeu este sábado a demissão do Conselho Diretivo do INEM, na sequência da polémica com a administração de vacinas e também pelas filas às portas dos hospitais.

fonte: Observador 29 jan 2021

mistério da saúde

A resposta da “Task Force”...

Francisco Ramos, coordenador da task force da vacinação, diz que as pessoas que receberam a primeira dose indevidamente vão, “claro que sim”, receber a segunda dose no momento devido. Qualquer outra coisa seria uma “justiça popular que faria pouco sentido”, disse o responsável, que repetiu que não cabe à estrutura que lidera perseguir os “batoteiros” e que devem ser outras entidades a tomar medidas, além da “censura popular” onde os jornais também desempenham um papel. Mas colocar em causa a segunda toma seria um “espírito vingativo” que Francisco Ramos apenas associa “àqueles 11% ou 12%” que votaram na candidatura de André Ventura nas eleições presidenciais do último domingo.

Fonte: Observador 29 jan 2021

prioridades titulo-item
Mistério da ação social

Segurança Social de Setúbal

126 funcionários da Segurança Social de Setúbal foram vacinados indevidamente, incluido a Diretora Distrital Natividade Coelho.

Mistério da Misericórdia

Misericórdia de Bragança

O vice-presidente da Confederação Nacional deInstituições de Solidariedade,Eleutério Alves, provedor daSanta Casa de Bragança, foium dos sete membros dadirecção desta instituiçãoque foram vacinados contra acovid-19.

mistério da saúde

Administrador de hospital 

"Administrador do hospital Narciso Ferreira inseriu a filha, médica noutro hospital, para ser vacinada e mentiu sobre profissão da mulher."

"Administrador do Hospital Narciso Ferreira, em Riba de Ave, Vila Nova de Famalicão, incluiu a filha e a mulher na lista de profissionais prioritários que já foram vacinados com a primeira dose contra a Covid-19. Para trás ficaram cerca de 20 enfermeiros e médicos, entre outros profissionais, alguns deles que trabalham no internamento Covid."

fonte: revista sábado, 1 fev.2021

Mistério da nação

Espaços fechados

"Isilda Gomes. Questionada se o seu trabalho como voluntária não é apenas em frente a um iPad, sem contacto com doentes Covid, a presidente da câmara de Portimão que já levou as duas doses da vacina contra a Covid-19, argumentou que está num espaço fechado, onde se encontra presente o vírus." 

fonte: TSF, 02/02/2021

Mistério da saúde

Demissão!

Francisco Ramos, até agora coordenador da task force para a elaboração do plano de vacinação contra a covid-19 em Portugal, renunciou ao cargo, anunciou o Ministério da Saúde, em comunicado, esta quarta-feira.

A decisão foi motivada por “irregularidades detectadas pelo próprio no processo de selecção de profissionais de saúde no Hospital da Cruz Vermelha Portuguesa, do qual é presidente do Conselho de Administração”, detalha o mesmo comunicado. 

“Ao tomar conhecimento de irregularidades no processo de selecção para vacinação de profissionais de saúde do Hospital da Cruz Vermelha, do qual sou Presidente da Comissão Executiva, considero que não se reúnem as condições para me manter no cargo de coordenador da task force para a elaboração do Plano de Vacinação Contra a COVID-19 em Portugal”
Francisco Ramos  - Coordenador (demissionário) da “task force” para a vacinação.

fonte: público. 3 fev 2021

All illustration Copyrights.
Please do not reproduce without the expressed written consent.
© 2020 - Mistérios da Nação
made for you with  

footer